Loader Website

Outsourcing: uma solução viável para a sua empresa?

Cultura Empresarial
31 de agosto de 2022

 

A Codepoint foi fundada com base em dois serviços principais: desenvolvimento de produto e outsourcing. Gradualmente o outsourcing tem-se tornado uma das nossas grandes áreas de atuação com clientes de várias dimensões e sectores a recorrer a este serviço. 

O que significa outsourcing?

Consideramos outsourcing quando um ou mais dos nossos recursos são alocados a um projeto externo. No nosso caso, disponibilizamos desenvolvimento, design, devOps. Basicamente, outsourcing acontece quando se recorre a uma fonte externa para desenvolver determinada área dentro da sua empresa. Como trabalhamos sempre em b2b distinguimos outsourcing de desenvolvimento de produto. Em outsourcing, um ou mais dos nossos recursos humanos são integrados na equipa do cliente; e em desenvolvimento de produto o projeto decorre internamente na nossa empresa.

Outsourcing nas áreas de desenvolvimento

O acesso a recursos qualificados tem sido um desafio para todas as empresas, daí que recorrer a empresas externas seja uma estratégia interessante e, por vezes, mais eficaz. Isto, porque permite alocar recursos a projetos de forma temporária ou com necessidades específicas (que seriam difíceis de recrutar num curto espaço de tempo). Assim, esta área de negócio viabiliza, muitas vezes, a rápida expansão de produtos digitais.

Em que casos faz sentido recorrer a outsourcing
  • Quando a necessidade é temporária, evitando contratações de curta duração;
  • Quando a expertize não é um foco a longo prazo;
  • Quando queremos aumentar consideravelmente a capacidade de desenvolvimento num curto espaço de tempo.
Vantagens de recorrer a outsourcing
  • Permite à empresa e equipas focarem-se no seu core business;
  • Reduz o time-to-market;
  • Redução de custos;
  • Acesso a competências e ferramentas que a empresa não detém.
Image
Desafios de outsourcing
  • Falta de conhecimento do modelo de negócio, se não for realizado um bom onboarding do recurso;
  • Barreiras de linguagem e cultura (se diferentes países);
  • Diferenças de horário (se aplicável);
Reduzir os riscos de recorrer a outsourcing
  • Preparar a inclusão de um novo recurso previamente definindo a área de atuação e projeto/tarefas em que será inserido.
  • Estabelecer objetivos concretos e realistas;
  • Realizar um onboarding apropriado facultando documentação e ferramentas que possam facilitar o processo; 
  • Incluir os recursos como parte integrante da equipa;
  • Definir pessoas de contacto no decorrer do projeto para os diversos temas de forma a que o recurso possa esclarecer prontamente dúvidas e decisões que tenham que ser tomadas.
  • Reservar tempo para o handoff do projeto na conclusão: entrega de código, uniformização do código, documentação, etc.

Lembra-se de mais alguma dica que possa facilitar este processo? Partilhe connosco.

Partilha
Artigos em destaque
O poder das aplicações móveis no seu negócio
Limpar a cache do navegador: Como e Porquê?
Footer logo
Utilizamos cookies próprios para lhe oferecer uma melhor experiência. Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.